JF Máquinas

LINHA DE PRODUTOS

JF na mídia com equipamento para colheita de biomassa para energia renovável e sustentável

29/11/2017

 

 

JF Máquinas lança novo equipamento na Alemanha, durante a Agritechnica 2017

 

Fundada em 1981, a fabricante de máquinas e equipamentos para agricultura e pecuária logo conquistou o mercado interno, passou a exportar e, este mês, lança uma nova máquina na maior feira de tecnologia agrícola do mundo, a Agritechnica. Membro do Programa BMS desde o início do Projeto, a JF é nossa convidada para esta edição do BMS Conta...

 

A JF Máquinas agrícolas é 100% nacional. A empresa fundada em 1981 na cidade de Itapira, interior de São Paulo, surpreendeu o mercado em 1990 com o lançamento de uma colhedora de forragens e tornou-se, desde então, líder de mercado com este produto, destinado ao setor agropecuário.

 

Além dessa linha, fabrica plataformas, ensiladeiras, picadoras, desintegradores, vagões forrageiros, vagões misturadores, distribuidores e semeadeiras, enfardadeiras, segadeiras, enleiradores e embutidoras de grãos e silagem para silo bolsa.

 

Sem dúvida uma trajetória vencedora: atualmente atende a todo mercado interno e está presente em mais de 50 países, como explica o Executivo de Vendas e Exportação, Rafael Prado. “Começamos a exportar em 1997 para o México. Nosso primeiro produto exportado foi a colhedora de forragens, um equipamento com importantes diferenciais técnicos, robusto e melhor adaptado para as condições tropicais e da América Latina”. Segundo ele, essa foi a grande vantagem competitiva da JF Máquinas, pois foi desta maneira que a empresa conquistou compradores de toda a América Latina, países da África Austral e, nos últimos dois anos, vem consolidando o mercado de países asiáticos, como Tailândia e Filipinas. “Nosso foco é fabricar e comercializar equipamentos e soluções para o processamento e logística de forragem usados na alimentação do gado leiteiro e de corte”, destaca Prado.

 

Mas o empreendedorismo não parou aí, tanto que em sua participação na Agritechnica 2017, que ocorrerá de 12 a 18 de novembro, a JF Máquinas lançará um novo modelo de colhedora para um fim bastante específico, “Quando estivemos na Agritechnica em 2007, uma empresa dinamarquesa, que hoje é nossa parceira, levou uma de nossas colhedoras para um projeto alternativo de energia renovável”. Prado conta que a intenção era utilizar o material colhido para geração de energia por meio de biomassa, usada para aquecimento em países de clima frio. “A experiência deu tão certo, que este ano estamos lançando um equipamento para este mercado, a JF Energy Harvester, voltada especificamente para colheita de biomassa de plantios de curta rotação para obtenção de energia renovável e sustentável”.

 

A participação no evento da Alemanha acontecerá junto com o Programa BMS, do qual a JF Agrícola é membro desde o início do Projeto. “Essa parceria nos trouxe muitas vantagens e posso dizer que muitos de nossos atuais clientes vieram do contato com atividades realizadas junto com o BMS, tanto em feiras internacionais como rodadas internacionais de negócios, como a Agrishow, por exemplo.

 

Prado ressalta que o importante nessas participações é ter visão de longo prazo. “Não dá pra achar que vai sair de uma feira já exportando, pode ser que sim, mas o importante é ter em mente que as prospecções funcionam muito bem, principalmente se você levar a máquina para exposição no evento”. Ele afirma que o programa BMS é essencial para internacionalização das empresas do setor. “Com certeza não conseguiríamos participar de eventos de grande magnitude com a Agritechnica se não fosse com o apoio do BMS”. E o executivo destaca: “Para 2018 nosso objetivo é continuar crescendo e expandindo nossos negócios para outros mercados”.

 

Extraído de Revista Em Ação, do Projeto BMS da ABIMAQ/APEX, Ano 2017 – Edição 62 – Nov/2017